Tenho uma grande dificuldade em aceitar a ideia de que estamos sozinhos no Universo. E sei que não sou o único: muitos cientistas estudam isso há tempos, e agora um grupo de especialistas mediu qual é a possibilidade de que nenhum outro canto do Universo tenha desenvolvido vida inteligente além do nosso pálido ponto azul.

O estudo conduzido por Adam Frank e Woody Sullivan, da Universidade de Rochester, nos EUA, calculou qual a probabilidade de, em 13,8 bilhões de anos, apenas a Terra ter desenvolvido vida inteligente. O estudo foi publicado na Astrobiology e usou fatores já conhecidos para calcular a resposta.

O vídeo abaixo, produzido por Salvador Nogueira do Mensageiro Sideral, explica um pouco melhor o estudo.

 

Então, no fim das contas, a chance de que nenhum outro lugar do Universo ter desenvolvido vida inteligente é mínima: 1 em 10 bilhões de trilhões. Como Salvador Nogueira explicou:

Isso significa que, mesmo que você pense que a chance de um planeta desenvolver vida inteligente seja absurdamente pequena, algo como 1 em 1 trilhão, ainda assim teria de concordar que devem ter existido cerca de 10 bilhões de civilizações espalhadas pelo cosmos em toda a sua história. É um bocado de ETs.

Podemos dizer que estamos sozinhos no Universo? Até podemos, mas a chance de que exista (ou tenha existido) vida como a nossa em outro lugar é grande. Então nada de descanso – vamos continuar a nossa busca.[GizModo]

Comments

comments