Quem é que pode dormir sossegado, sabendo que alguns físicos (que alguns diriam malucos) estão colidindo núcleos atômicos perto da velocidade da luz, no nosso próprio planeta?!!

Diversos testes subatômicos são feitos diariamente nos grandes aceleradores de partículas, como por exemplo o LHC (Grande Colisor de Hádrons) do CERN, na Suíça. Mas será que existe a possibilidade de criar um mini buraco negro durante uma colisão atômica em um acelerador de partículas? Estariam os cientistas brincando de roleta russa com o nosso planeta?

Mesmo as melhores teorias e hipóteses científicas não deixam claro se essas colisões criam de fato alguns mini buracos negros. Mas vamos supor que sim. O que aconteceria?

Bem, primeiramente devemos lembrar que estamos falando de buracos negros microscópicos, e não daqueles monstros com massas estelares. Mas vamos por partes:

Em física, acredita-se que radiação térmica seja emitida pelos buracos negros, a chamada Radiação Hawking. Como podemos perceber pelo seu nome, a Radiação Hawking foi elaborada através de argumentos teóricos pelo cientista Stephen Hawking, em 1974. De acordo com essa teoria, os mini buracos negros emitem mais radiação do que os buracos negros gigantes, o que causaria sua evaporação quase instantânea.

Screenshot_1524

Ou seja, assim que um mini buraco negro se cria, logo ele desaparece, como num passe de mágica. Mas e se ele sobreviver? Bem, nós nos alimentamos daquilo que cabe em nossa boca, correto? Com os buracos negros funciona mais ou menos assim. Ele levaria um longo tempo para se desenvolver; átomo por átomo, molécula por molécula… enfim, levariam bilhões de anos até que ele começasse a causar algum estrago, isso de acordo com o Dr. Paul M. Sutter, físico da Universidade de Ohio

Além disso, a Mãe Natureza é responsável por feitos parecidos, já que em alguns pontos do Universo existem aceleradores de partículas naturais, com poder imensamente maior do que os nossos singelos aceleradores de partículas. Isso tem acontecido há bilhões de anos, e como podemos ver, nosso planeta continua firme e forte![GaleriaDoMeteorito]

 

Comments

comments